dois coelhos

Esta é a nossa história, dois rapazes destinados um para o outro, que se conheceram quando um tinha 20 anos e o outro 26.
Desde esse dia que a nossa vida mudou para sempre! E vocês são as nossas únicas testemunhas!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Os 5 anos - I

Como fiz referência neste post, celebrámos há dias o nosso 5 aniversário. O balanço é, para além de muito positivo, surpreendente. Conheci o P quando ele tinha 20 anos. Um adulto de idade, mas um adolescente de cabeça. Quando o vi pela primeira vez, depois de uns meses de conversa online, pensei... exatamente o que é que eu estou a fazer aqui???


Pelas conversas online já tinha dado para perceber que não tínhamos muito em comum. Os gostos musicais são muito diferentes (em comum, só mesmo música eletrónica), de cinema também (em comum, filmes de terror), e Eurovisão... nada em comum, lol.



Uns meses depois, num Fevereiro tempestuoso, começámos a namorar. O início foi terrível, e disse-lhe há dias que durante o primeiro ano pensei várias vezes em acabar. Mas acho que o segredo é mesmo esse, não desistir ao primeiro choque (nem ao segundo, terceiro...). Hoje em dia ainda discutimos, mas nesses momentos respiro profundamente e penso 'ganho alguma coisa em passar a tarde amuado com ele?'.



Dizia o Miguel há dias, e o Namorado há algum tempo também, que numa relação temos de nos adaptar ao feitio do outro. Há sempre pequenas coisas da personalidade do namorado que não gostamos tanto. Uma ou duas (ele deve ter muitas mais de mim): múltiplos alarmes para despertar, que começam a tocar meia-hora antes de ele se levantar efectivamente; ao fim de semana é impossível fazer alguma coisa de produtivo com ele (para além de...) nas duas horas seguintes a levantar. Há mais, mas sinceramente, eu próprio comecei a gostar genuinamente destas características da personalidade dele. E ainda hoje, quando ele chega a casa, é isto...


30 comentários:

  1. E um relacionamento é mesmo isso também! Ceder em coisas que nunca imaginámos ceder porque gostar de alguém, amar alguém, é querer-lhe tanto bem que daríamos a nossa vida por essa pessoa. Bem já estou a ficar com demasiado mel, deixa-me ir trabalhar e discutir com alguém lolol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha as formigas todas a ir na tua direção, lol

      Eliminar
  2. Ai do relacionamento em que não haja divergências...
    Acaba rapidamente e a culpa é da monotonia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho muita experiência para ter opinião elaborada, mas concordo, acho que, de certa forma, são as divergências que nos unem.

      Eliminar
  3. tal e qual. eu sempre pensei o mesmo, não é uma má fase que faz que uma relação acabe logo, não se deve desistir facilmente.
    eu e o artista tb começamos a agir dessa maneira, aprendemos a lidar um com o outro e mesmo depois de zangados, vamos falar um com o outro para ficarmos bem, não há razões para manter a zanga e os amuos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A zanga e os amuos não levam a lado nenhum e só prolongam o sofrimento. Claro que é preciso ceder um bocado no orgulho, e acho que isso foi das melhores coisas que aprendi com o meu rapaz.

      Eliminar
  4. Coelho, multiplicasses por 3,9 e terias feito o relato exacto da minha relação ( de 19 anos). Lol.
    Revejo-me em cada linha do teu texto.
    E nunca tinha pensado no quanto assimilamos as coisas de que menos gostamos neles no início. Presumo que eles digam o mesmo de nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá no Alentejo quando celebravamos o nosso 5º aniversário falámos sobre o que cada um menos gostava no outro, e foi curioso ouvir o P a falar de coisas que eu acho perfeitamente normais. Por vezes faz mesmo falta ouvir a visão do outro.

      Tenho um grande apreço por relações longas. Quando li no teu blog o aniversário da vossa, fiquei babado, confesso. :D

      Eliminar
    2. Ok, mano, e que coisas foram essas que ele não gosta e são perfeitamente normais para ti? :D

      Eliminar
    3. Por exemplo, ele diz que eu faço dramas com facilidade (é a forma soft de dizer que sou dramaqueen), que não trato da roupa (mas ele tem tanto jeito para isso...), que trabalho demasiado (ok, aí ele tem razão)...

      Eliminar
    4. Nota-se logo que és a gémea rica. Não tratas da roupa, fazes dramas, trabalhas demasiado...

      Eliminar
  5. E, no fim de contas, o que interessa é que sejam felizes! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é assim que acabam os contos de fadas? Lol

      Eliminar
    2. Btw, apercebi-me que nunca tinha adicionado o teu blog aqui ao blogroll. Por outro lado, o teu rapaz anda desaparecido há anos...

      Eliminar
  6. E já se passaram 5 anos! Venham muitos mais! ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Houve alturas que passou rápido, mas também houve outras...

      Eliminar
  7. Tudo de bom para vocês ! :) Tenho uma colega de casa que têm vários múltiplos despertadores.. só dá vontade de chegar ao quarto dela e dar-lhe como telemóvel na tromba xD looooool

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho 10. Qual é o teu problema? lolololol

      Eliminar
    2. 10 despertadores? 10 DESPERTADORES??? Já percebi porque moras sozinho!

      Eliminar
    3. Eu digo o mesmo que o coelhinho: 10 DESPERTADORES ? És louco ?

      Eliminar
    4. lololololol pronto exagerei lolol não são 10 lol é só das 6h15,, das 6h30m, das 7h, 7h30, 7h45m, das 8h, 8h30m e das 9h. lololol

      Eliminar
    5. 6h15 quando só tens de te levantar às 9h? You are sick, man!

      Eliminar
    6. Tenho todas as situações previstas lolol o problema é que me esqueço sempre de desligar os que não preciso lolol

      Eliminar
    7. O problema não é bem para ti, é para quem dorme ao lado...

      Eliminar
    8. Coelho, normalmente uso o despertador do outro lolol

      Eliminar
    9. Também me acontece. Um dia o meu tablet, estava eu trabalhar, despertou Às 10 horas.... LOL

      Eliminar
  8. Se eu fosse teu namorado e fosse comparado com um cão, garanto-te que ias dormir no sofá... LOL
    (ok, estraguei o momento meloso da coisa xD)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, mas o cão sou eu, faço uma festa enorme quando ele chega a casa.

      Eliminar
    2. Ok. Continuarias a ir dormir no sofá, porque eu não acho piada nenhuma a namorar com cães xD

      Eliminar
  9. Parabens, ATRASADO, pelos 5 anos.. eu sempre me entusiasmo com hsitorias de amor que dão certo...

    ResponderEliminar